O QUE DEUS FALA COM VOCÊ HOJE

sábado, 22 de junho de 2019

Aposentada de Suzano cai no golpe do bilhete premiado e tem prejuízo de mais de R$ 20 mil e 2 mil dólares

Ela disse à polícia que foi abordada em ponto de ônibus por moça que afirmou que tinha bilhete premiado da Mega-Sena.


Uma aposentada de 68 anos, de Suzano, teve um prejuízo de mais de R$ 20 mil e 2 mil dólares ao cair no golpe do bilhete premiado.

Ela procurou o 1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes nesta sexta-feira (21). A aposentada contou que na manhã de quarta-feira (19), estava em um ponto de ônibus no bairro Cidade Edson em Suzano.

Uma moça a abordou no ponto, perguntando informações sobre uma rua. Logo depois, a jovem ficou conversando com a aposentada.

Ela disse que tinha ganhado na Mega-Sena, mas por motivos religiosos não poderia receber o prêmio.

Em seguida um rapaz entrou na conversa e disse que era policial. Segundo a aposentada, ele até apresentou um distintivo.

Ele simulou uma consulta no celular e confirmou que realmente o bilhete da moça era premiado. O homem perguntou a elas se tinham conta bancária.

A moça afirmou que não, já a aposentada contou que tinha duas contas.

A aposentada disse que o rapaz foi embora do ponto e voltou pouco depois em um carro. Ele disse a elas que as levaria até um banco no Centro de Suzano.

Elas entraram no carro, mas o rapaz levou a aposentada e a jovem até o Centro de Mogi das Cruzes.

A aposentada afirmou que o rapaz a levou até a agência de um banco em que é correntista e a moça ficou no carro.

A idosa disse que ele mandou ela colocar o dedo na máquina para identificação e depois o homem fez várias movimentações em sua conta, sacando dinheiro em Real e Dólar.
Depois, ele a levou para outra agência de outra instituição bancária onde tem conta.

E novamente ele fez saques indevidos em sua conta. A aposentada disse que o rapaz colocou o dinheiro na cintura e ele afirmava que estava armado, mandando ela ficar quieta.

Ela disse que ele mandou que ela ficasse na frente do banco e que a buscaria no local.

Mas a aposentada percebeu que a rua era contramão de onde ele havia estacionado o carro e passou a segui-lo.

A mulher contou que ao perceber que ele a seguia, o rapaz correu e entrou no carro, fugindo em seguida.

A aposentada declarou que teve um prejuízo total de R$ 22,5 mil e US$ 2.779.
Fonte: G1

Sem comentários: